FANDOM


Personagens: Ravena Asasombria, Turanga Leelah Cabral, Ziggorod, Cruzados Escarlates Mortos-Vivos, Uraxion e seus dracos do crepúsculo, Coznix, Fizsy.

Local: Templo de Sha'naar , Penisula Fogo do Inferno, Terrálem.


O calor da Península Fogo do Inferno era tocante, as tropas de Illidan estavam tranquilas olhando ao redor de seu local de maior poder naquela zona seca e quente, poucos desafiavam seu poder depois das tropas da Aliança e da Horda terem voltado para Azeroth e os Ilidari retomarem seu local de maior influência. Um dos demônios olhava ao redor, seu olhar era atento, procurando qualquer criatura tosca que fosse desafiar os ilidari remanescentes.

Ele não avistava nada, e voltou a chicotear os escravos degradados que trabalhavam sem pausas, o demônio maléfico sorria com o sofrimento dos degradados, mas seu ouvido atento ouviu alguns barulhos, ele olhou de volta para o horizonte vazio, ele avistou alguns mortos-vivos , uma pequena esquadra, o demônio riu, chamando seus aliados que avançaram sobre os mortos.

Eram mortos diferentes dos normais que estariam vagando pelo local, usavam tabardos da Cruzada Escarlate e tinham sindo recentemente ressuscitados e tinham uma sede de sangue gigante, eles avançaram contra os demônios defensores, os demônios destruíram os mortos com facilidade, mas eram claramente mais fortes que os caniçais comuns, por algum motivo.

- O que criaturas tão patéticas fazem por aqui? É estranho carniçais nesta região.- Disse um dos demônios.

- Deixe de pensar em coisas idiotas e volte a cuidar dos escrav-... Que barulho é esse?-Ambos demônios olharam para baixo nos cadáveres dos carniçais, uma bomba estava plantada em todos os cinco carniçais, era uma armadilha.

A bomba estourou, todos os demônios do templo ouviram e ficaram atentos, seus olhos vigiavam rapidamente todo o local, procurando algo de suspeito, durante alguns poucos minutos não se ouviu nada, até que um barulho de uma explosão verde no céu tirou toda atenção dos demônios que olharam para o local, um grito alto foi ouvido.

- Aliados, o sinal foi dado, invadam o local, invadam em nome da Armada!Invadam em nome de sua senhora!

Todos os demônios e os escravos deles se entreolharam , não entendendo nada, alguns demônios olharam no horizonte, e viram pelo menos duas centenas de mortos-vivos sedentos de sangue avançando até o templo, os demônios enviaram rapidamente tropas para conte-los, mas não aguentavam a quantidade esmagadora de desvantagem deles, os carniçais pulavam nos demônios, a maioria caia graças a uma quantidade de mais de seis em seus corpos , desequilibrando eles e os fazendo cair.

Os demônios rapidamente lançaram feitiços de área que foram mais efetivos contra os mortos-vivos que caiam com os feitiços de fogo com uma facilidade maior, os carniçais lutavam com uma sede de sangue impressionante, mas não eram páreos para o poder de fogo superior dos demônios. Mas estava tudo ficando fácil demais, metade dos demônios já tinha caído, a batalha era intensa e uma tromba de guerra foi ouvida. Criaturas grandes apareceram, dracos do crepúsculo, criaturas que a própria natureza é perversa, eles começaram a batalhar com os demônios e o maior deles trouxe uma criaturinha pequena que estava em cima dele, pode-se reconhecer ela, Annie Trocafuso, engenheira, ela olhou o campo de batalha e tirou um pequeno controle com um grade botão, ela disse com uma risadinha.

-Err... Cabum?- Ela apertou o botão e série de explosões estavam sendo causadas no campo de batalha, muitos mortos vivos estavam equipados com bombas ,sangue escarlate dos mortos e sangue vil dos demônios voava para todo lado, era difícil saber quem estava ganhando neste campo de guerra intenso.

Os demônios começaram a enviar tropas aladas para batalhar contra os dracos do crepúsculo, mas algo estava abatendo as criaturas rapidamente e era difícil de ser vista, por um momento ela pode ser vista, enquanto um demônio em seus últimos momentos a agarrou e a levou para uma queda mortal no chão, era Ravena Assasombria, uma das da elite da Armada inimiga, ela fincou seu chackran vil , destruindo os braços do demônio e rapidamente voando para atacar outro, os demônios ela encostava para batalhas rápidas e logo caiam graças ao veneno no chackran graças a poderosa alquimia de Ravena.

O demônio inimigo que era líder terminou o que queria, ele ativou um cristal no topo da estrutura principal do templo, o cristal começava a massacrar os inimigos com facilidade , muitos dragões caíram e Ravena não teve chance de voar novamente, pois foi acertada e impedida de voar. Um outro grito alto foi ouvido, era mais notável quem falava, sua voz fez os demônios da mesma , Fizsy e Ziggorod que estavam no chão darem um leve sorriso.

- Uraxion... Agora! - Gritou Leelah, com um sorriso no rosto, ela estava montado no maior draco do crepúsculo que estava na batalha, ele rugiu, abriu sua boca gigantesca e se aproximou rapidamente do cristal, lançando um jato de sombras e caos gigantesco contra o cristal, que tinha que focar todas as suas forças nele pois se não seria destruído com facilidade.

Ziggorod e Coznix , demônios respectivamente guardião colérico e lorde do caos que comandavam as tropas terrestres avançaram no líder e principal demônio inimigo, um demonarca azul gigante chamado Arzeth, servo do traidor. Ziggorod avançou rapidamente e pulou em cima do demônio , Ziggorod foi lançado longe , Arzeth se focou em Coznix, que tinha bastante força mas não conseguia lutar de igual para igual, Arzeth segurou o lorde do caos, dando um sorriso maléfico com sua boca localizada no torso e preparou para fazer um golpe final no demônio.

Ziggorod pulou por trás do demônio aproveitando sua distração , a cabeça de Arzeth caiu e ele soltou um grito com sua boca localizada no torso, Ziggorod fez um ataque forte sua espada entrou no demônio vil que soltou uma explosão para afastar ambos demônios que voaram longe.

Um barulho de destruição foi ouvido, todos olharam rapidamente para o cristal, que estava agora despedaçado, Uraxion focou suas energias remanescentes no resto dos demônios voadores, o calor de todos nessa batalha era intenso.

Leelah desceu pela calda de Uraxion e juntou todas as suas energias para lançar uma poderosa seta do caos, o pequeno Fizsy pulou no demônio o distraindo por tempo suficiente para Leelah finalizar o feitiço.

-Adie, Arzeth.-Disse Leelah, liberando seu enorme e poderoso feitiço na criatura horrenda. Uma bola vil gigantesca voou até o Arzeth, seu torso foi destruído por trás, e sua face na frente explodiu, as forças de Leelah continuavam batalhando, ela avançou para dentro do templo onde os escravos degradados estavam, eles tremiam com medo e olharam para ela, que os encarava seriamente. O líder deles se levantou devagar, olhando sério, mesmo que sua face e corpo ainda demonstrassem medo e disse.

- V-vais nos escravizar novamente, não vai?- Disse ele, com medo nos olhos e nas palavras.

- Hoje nesse momento lhes dou uma simples opção, unir forças comigo ou fugir daqui para outro lugar.- Disse Leelah seriamente , ela então deu um leve sorriso, tentando acalmar os draeneis degradados.

- Obrigado... seja lá quem você for... obrigado por nos libertar, pensaremos em tua proposta, sombria moça.-Ele sorriu para Leelah e olhou para os outros que eram seguidos por eles.- Irmãos, todos para o norte onde está uma base de outros de nossos irmãos draeneis, vão, rápido!

Os degradados fugiram rapidamente, alguns só focavam em fugir, as crianças acenavam e gritavam agradecimentos para Leelah, que acenava para eles, o líder foi o ultimo a sair, garantindo que ninguém ficasse, e disse por fim para Leelah.

- Pensarei em tua proposta, senhora das sombras, e serei eternamente grato por tua ajuda hoje.- O draenei acenou e correu para junto a seus seguidores.

Leelah voltou para o campo de batalha e ajudou a destruir os demônios remanescentes, que cairam em mais vinte minutos longos de batalha sangrenta, intensa e horrorosa. Por fim suas tropas ganharam, cansadas, mas vitoriosas, a pequena Annie comemorava em uma dancinha com os mortos vivos e alguns poucos degradados que decidiram ajudar na própria batalha, Ravena cuidava dos céus para garantir que ninguém mais iria incomodar os seus céus fora os dracos do crepúsculo. Leelah fez seus preparativos em seu novo trono no Templo de Sha'naar, seu novo território e de suas forças.

Um dia depois pelo menos dois terços dos degradados voltaram e juraram lealdade a Leelah, ela os fortaleceu com uma moradia no Templo de Sha'naar, liberdade, armas poderosas e poderes sombrios para os que aceitassem. O Templo voltou a ter paz e os degradados trouxeram seus filhos, animando o local, mesmo com os mortos-vivos que vigiavam a área, este seria a primeira conquista, o primeiro território que a Armada de Turanga Leelah tinha conquistado, e ela queria que fosse o primeiro de muitos.

Leelah por fim levou Ravena para a estrutura principal em uma sacada, segurou sua mão e se aconchegou em suas penas, ambas olhavam o horizonte e seu território novo do Templo, ambas com um sorriso no rosto , por fim fitando o horizonte vasto e sombrio da Península Fogo do Inferno.

--------------------------------------------------------FIM-------------------------------------------------------------------------------

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.